quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Os Nossos Medos

- 5ª sessão de Filosofia para Crianças no Refúgio Aboim Ascensão - 


Trovões e Relâmpagos, o Escuro... Cães, Leões e Tigres...



Tubarões, Ladrões e Ursos irritados... 




Parece que todos, meninos e meninas, educadoras e auxiliares têm meeeeeedos........... ggrrrrrrrrrrrrrrrr!!!!!!!.........

Já sabemos quais são. 
E quanto mais os conhecemos, menores eles ficam! 
Parece magia! 


(Nesta sessão de Filosofia para Crianças (grupos de 5 e 6 anos), todos identificaram os seus medos e os desenharam. Bem... na verdade, quase todos... porque o Cristóvão e a Gilda não têm medo de nada! Mesmo NADA!!!)
 
a facilitadora Laurinda Silva

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Filosofia para Crianças: a Beleza da Descoberta (Testemunhos)


Entende desejável a Filosofia para Crianças de uma forma regular na escola?
           Sim  X   Não___

                Porquê?

Porque a filosofia conduz as crianças a um pensamento holístico sobre o porquê das coisas: a relação entre causa e efeito. 

Em que é que este atelier difere das suas aulas habituais?
      
 Este atelier enquadra-se nas minhas aulas, complementa o que partilho nas aulas com as crianças. É fundamental como fonte ou abertura a novas abordagens sobre conteúdos (eu gostei muito).

Em que é que este atelier se aproxima das suas aulas habituais?
 
No modo perspicaz e intuitivo como colhe e desenvolve os elementos criados pelos alunos.

Na sua opinião que competências trabalhou este atelier?

Materializou, em parte, a relevância que a criatividade desempenha para uma relação mais estreita entre o eu e o outro. Estimulou nas crianças a interpretação que os sentidos tecem da realidade como uma linguagem que às vezes aparenta ser o que não é.

Escolha um conceito que caracterize estes ateliers.

A relação das coisas…

Outras observações que deseje deixar-nos:

A exploração do conceito como uma contiguidade mais abrangente; a interligação ou cumplicidade das coisas…que, de forma quase insuspeita, influenciam o nosso modo de pensar, sentir e agir. A importância do instante nas nossas vida: a beleza da descoberta do enorme significado que as pequeninas coisas…  nos transmitem.
 
Obrigada pela sua colaboração!»